Mensagens do dia 2 de cada mês

por meio de Miriana

Mensagem Rainha da Paz, de 2 de outubro de 2016

Queridos filhos, o Espírito Santo, por meio do Pai celeste, fez-me Mãe: Mãe de Jesus e, por isso mesmo, também a Mãe de vocês. Assim, venho para ouvi-los, para abrir a vocês completamente Meus braços maternos, para dar-lhes Meu coração e convidá-los a permanecer Comigo, porque, do alto da Cruz, Meu Filho confiou-os a Mim. Infelizmente, muitos de meus filhos não conhecem o amor de Meu Filho, muitos não querem conhecê-lo. Oh, meus filhos, quanto mal fazem aqueles que querem ver ou compreender para crer. Por isso, vocês, meus filhos, meus apóstolos, no silêncio de seus corações, escutem a voz do Meu Filho, para que seus corações sejam Sua morada, e não sejam tenebrosos e tristes, mas iluminados pela luz de Meu Filho. Mantenham a esperança com fé, pois a fé é a vida da alma. Novamente os convido: rezem! Rezem para viver a fé na humildade, na paz do espírito e na claridade da luz. Meus filhos, não procurem compreender tudo de imediato, pois Eu também não compreendi tudo imediatamente, porém, amei e acreditei nas palavras divinas que Meu Filho dizia. Ele que foi a Luz primeira e o início da Redenção. Apóstolos do Meu amor, vocês que rezam, que se sacrificam, amem e não julguem; vocês devem ir e difundir a verdade: as palavras de Meu Filho, o Evangelho. Vocês, de fato, sejam um Evangelho vivo, sejam raios da Luz de Meu Filho. Meu Filho e Eu estaremos ao lado de vocês. Nós os encorajaremos e os submeteremos à prova. Meus filhos, peçam sempre, e somente, a bênção daqueles cujas mãos Meu Filho consagrou, isto é, os sacerdotes de vocês. Obrigada.

Arquivos

jan
fev
mar
abr
jun
jul
out
nov
dez
fev
mar
abr
maio
jun
jul
nov
dez
jan
fev
mar
abr
maio
jun
jul
out
nov
jan
fev
abr
maio
jun
jul
ago
set
out
nov
dez
jan
fev
mar
abr
maio
jun
jul
ago
set
out
nov
jan
fev
mar
abr
maio
jun
ago
set
out
nov
dez
jan
fev
mar
maio
jun
jul
set
out
nov
dez
fev
mar
abr
maio
jun
jul
ago
set
out
nov
dez
jan
fev
jul
ago
set
out
dez
jan
fev
mar
abr
maio
jun
jul
set
nov
dez

Mensagem da Rainha da Paz, de 25 de abril de 1989

Queridos filhos! Convido os a abandonarem-se totalmente a Deus – Tudo aquilo que vocês possuem esteja nas mãos de Deus. Somente assim terão a alegria no coração. Filhinhos, alegrem-se por tudo aquilo que vocês possuem. Agradeçam a Deus, porque tudo é um presente que Deus Ihes dá. Assim, poderão agradecer na vida por tudo e descobrir Deus em tudo, até mesmo na mais pequenina flor. Vocês descobrirão uma grande alegria, descobrirão Deus. Obrigada por terem correspondido a Meu apelo.

Mensagem da Rainha da Paz, de 9 de janeiro de 1986

Queridos filhos! Convido-os a ajudarem a Jesus, com a sua oração, na concretização de todos os planos que Ele está realizando aqui. Ofereçam também sacrifícios a Jesus, a fim de que tudo se realize como Ele programou, de modo que Satanás nada possa fazer. Obrigada por terem correspondido a meu apelo!

Mensagem da Rainha da Paz, de 21 de novembro de 1985

Queridos filhos! Desejo recordar-Ihes que este é um tempo privilegiado para vocês da Paróquia. No verão, vocês dizem que estão muito ocupados. Presentemente, vocês não têm trabaIhos especiais a realizar nos campos; por isso,  trabalhem sobre vocës, pessoalmente! Venham à Missa, porque este é’um tempo que foi dado a vocês de presente. Queridos fiIhos, são muitos a vir regularmente (à Missa), mesmo se está fazendo mau tempo, porque Me querem bem e desejam manifestar, de modo especial, o seu amor. Peço-Ihes para demonstrarem o seu amor com a vinda à Missa; o Senhor recompensará vocês largamente. Obrigada por terem correspondido a meu apelo!

Mensagem da Rainha da Paz, de 13 de junho de 1985

Queridos filhos! Um convite, em preparação ao aniversário (das aparições): vocês, paroquianos, rezem mais, e a sua oração seja sinal do seu abandono a Deus. Queridos filhos, sei que estão todos cansados; não, vocês não sabem abandonar·se a Mim. Obrigada por terem correspondido a meu apelo!

Mensagem da Rainha da Paz, de 30 de maio de 1985

Queridos filhos! Convido-os novamente à oração do coração. Oue a oração, ó queridos filhos, seja alimento  quotidiano para vocês, sobretudo nestes dias, nos quais o trabalho dos campos fatiga-os a tal ponto que vocês não conseguem rezar com o coração. Rezem, e assim poderão superar todas as canseiras. A oração será, para vocês, alegria e repouso.. Obrigada por terem correspondido a meu apelo!

Página 4 de 512345